Uncategorized

Benefícios do Coco

setembro 6, 2016

Quem me acompanha no snap ou me conhece na vida real sabe que ultimamente eu tenho tido um “pequeno” vício com coco seco! É um lanche super prático e fácil de fazer, além de ser super benéfico à saúde!

Pra quem não sabe, o coco tem ganhado cada vez mais espaço na alimentação das pessoas por estar sendo cada vez mais pesquisado e estudado. Já foram comprovados inúmeros benefícios do coco, podendo elas ser encontradas em suas diversas formas: óleo, farinha, água, leite, in natura, desidratado, etc.

Eu tenho aproveitado da praticidade do coco seco para levar na bolsa e comer de lanche quando a fome aperta e eu não tenho como fazer uma refeição. Ultimamente, praticidade + saúde têm sido fundamentais na minha rotina.

O coco é ótimo para auxiliar na redução do percentual de gordura porque os triglicerídeos de cadeia média (no caso do coco, ácido láurico e monolauril), favorem a oxidação de ácidos graxos e os utilizam como fonte de energia. Resumindo: ajuda a combater os depósitos de gordura que o corpo possui – sendo utilizado como fonte de energia rápida. O ácido láurico e o monolauril também auxiliam no funcionamento da tireóide, o que também auxilia no emagrecimento.

O coco e seus derivados também auxiliam no sistema imune, diminuindo concentrações de substâncias pró-inflamatórias. Essas substâncias normalmente estão associadas à obesidade e sobrepeso.

Quais são as quantidades ideais? 

Coco seco: de 20 a 30 gramas, como petisco na hora do lanche aos pedaços. Ele é excelente para reduzir o apetite. (É o que eu mais uso!)

Coco desidratado: de 1 a 2 colheres de sopa, no iogurte, no suco ou na vitamina.

Leite de coco: a quantidade fica a seu critério. O importante é adotá-lo com regularidade. Vale usar na preparação de pratos, como peixe, e de suco (misture ½ copo (100 ml) de leite de coco e ½ copo de água, sem adoçar). Nesse caso, prefira bebê-lo antes das refeições para aplacar o apetite. Importantíssimo: a versão light deve ser totalmente descartada, porque os benefícios estão justamente na sua gordura – lembra?

Gordura de coco: de novo, a quantidade depende do gosto pessoal, mas não abuse. Ela é indicada para refogar arroz, legumes etc.)

Ah, não custa ressaltar o óbvio: doce de coco não pode entrar no cardápio com freqüência. É uma delícia, mas contém muito, muito açúcar. E aí, os quilos que você perdeu fazendo uso da fruta conforme o sugerido, acabam voltando.


assana

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply