Alimentação, Estilo de Vida

Comer em frente à televisão engorda!

setembro 30, 2015

Sim, você leu o título corretamente! Comer em frente à televisão, em frente ao computador, tablet, etc., engorda. Algumas atividades enraizadas em nosso dia-a-dia acabam colaborando para o ganho de peso, sem a gente perceber. Conheço váaarias pessoas que amam jantar assistindo à novela, ou então fazer um lanchinho na hora do filme. Agora, uma perguntinha básica: quem consegue fazer duas coisas BEM FEITAS ao mesmo tempo?

Pois é, lá vem você dizer: “mas Ana, eu consigo fazer duas coisas ao mesmo tempo! Comer e assistir à televisão não é problema pra mim! Não engordo por isso!”. Olha, até certo ponto eu posso até concordar — só comer em frente à televisão ou ao PC não vai fazer você engordar. Mas pode influenciar no processo de ganho de peso. Vou explicar:

Vários nutricionistas concordam: a hora da refeição é sagrada. O ideal é que seja realizada a refeição num ambiente tranquilo, em que seja possível prestar atenção em cada garfada colocada na boca. Deve ser um momento para interagir com familiares de forma positiva, contar as novidades do dia, etc. 

Realmente mastigar bem a comida, com calma, sentir o gosto do que está comendo só é possível quando é a única atividade do momento.

Uma pesquisa realizada pela Universidade do Sul da Califórnia constatou que a distração de um filme (o que equivale a uma televisão, né), foi suficiente para que as pessoas comessem pipoca velha sem perceber. O estudo foi o seguinte: foi oferecido um pacote de pipoca gratuitamente a todos que entrassem no cinema. A única condição é que o pacote fosse devolvido ao final do filme, estando ela vazia ou não. Ninguém sabia, mas alguns pacotes continham pipoca fresquinha, e outros continham pipoca velha. Ao analisar os restos da pipoca, notou-se que não havia diferença significativa nos restos. Isso é um exemplo de como a televisão magnetiza as atenções, e não nos permite discriminar o que estamos comendo.

O principal malefício de não prestar atenção ao que está comendo é, além de não saber o QUE está comendo, é não saber O QUANTO está comendo. Isso pode ser fatal se você estiver lutando conta a balança.

Há outra informação a considerar: o cérebro humano demora cerca de VINTE MINUTOS, a partir da primeira garfada, para registrar que o estômago tá cheio. Isso significa que se você comer rápido demais, você não irá perceber o quanto está comendo. Essa noção de quantidade se perde quando não se concentra na refeição que está realizando.

As refeições “principais” são as que mais sabotam a nossa evolução, principalmente em termos de quantidade. Mas os lanches intermediários também devem ser feitos com calma. Comer rapidamente em frente ao computador ou enquanto dirige lhe dará a sensação de que você nem comeu. Se prestar bem a atenção na refeição que está fazendo, a saciedade aumenta.

O ideal é nunca comer em frente à TV

Meu conselho é que você nunca coma em frente à televisão. Mas, como eu sei que em alguns casos é inevitável, concentre-se na hora de se servir, e tente comer mais devagar e tentar prestar mais atenção no que está fazendo. Ao invés de levar um pote inteiro de sorvete pra frente da TV, leve apenas uma bola, por exemplo. Mesmo com alimentos saudáveis, como frutas, o ideal é evitar exageros. Então, ao invés de levar a caixa inteira de morangos, separe uma porção e leve apenas esta para a frente da TV.

Você é o que você come — literalmente. Concentre-se no que está fazendo, em como está preparando a comida. Aprenda a saboreá-la, sentir o cheiro, o sabor, mastigar com calma. 

“Mastigar bem a comida, com calma, e sentir o gosto do que está comendo fica muito mais fácil quando esta é a única atividade no momento. Isso trará consciência do que comeu, do quanto comeu… conferindo uma maior sensação de saciedade”


Referência Bibliográfica:

T. Neal, David, et al. The Pull of the Past: When Do Habits Persist Despite Conflict With Motives?. Personality and Social Psychology Bulletin. 2011.


assana

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply