Alimentação, Estilo de Vida

Gripei. E agora, como faço com a dieta?

julho 10, 2015

Essa última semana eu passei extremamente gripada, com a garganta inflamadíssima! Admito que foi quase impossível me manter firme e forte na alimentação saudável, porque eu não conseguia engolir nem água, muito menos alguns alimentos que eu tipicamente consumo durante o dia. No entanto, se você não está com a garganta tão ruim quanto a minha, aqui vão algumas dicas para você!

O frio, a indisposição da gripe e todo o mal-estar que vem junto no pacote desagradável de uma baixa imunidade nos faz termos a propensão a nos alimentar mal. Achocolatados, café com muito açúcar, doces, etc., são geralmente o que mais nos atrai. Em restaurantes, então, nem se fala. A vontade é de comer tudo que há de gostoso na parte dos alimentos quentes, mas nem sempre são as melhores escolhas. Afinal, saladas e alimentos naturais parecem menos interessantes nessas horas, né? Mas são justamente nessas horas que o ideal é manter o foco nos alimentos saudáveis.

Quanto mais nutrientes você consumir durante o seu período de resfriado, melhor para o seu sistema imunológico criar forças para combater qualquer coisa ruim que esteja prejudicando sua saúde.

Primeiramente, não se preocupe em catabolizar (para quem é neurado com isso). Você irá, provavelmente, perder um pouco de massa magra no período em que você ficar sem treinar e se alimentar dentro da dieta. Mas logo logo você recupera o que foi perdido. Foque mais em recuperar sua saúde primeiro!

Então, foque mais em comida saudável e menos em suplementos. Vitaminas dos alimentos são melhores que suplementos. 

Manter uma alimentação saudável nesse período fornecerá as quantidades necessárias de proteína, vitaminas e minerais, etc., que serão necessários para uma boa  e rápida recuperação. Quando a gripe ataca, muitas vezes o apetite diminui. Então para maximizar a alimentação e valer cada caloria, aqui vão algumas sugestões para quando você for se alimentar:

  • Frutas e vegetais são ricas em antioxidantes e vitaminas C e A. Experimente vegetais e sopas de feijão, batata doce cozida, frutas frescas, frutas ou legumes salteados com massa de trigo integral ou arroz integral.
  • Cereais integrais são uma boa fonte de vitaminas do complexo B, zinco e selênio. Experimente algumas torradas de trigo integral, farinha de aveia com fatias de banana ou uma sopa de cevada com cogumelos ou vegetais.
  • Proteínas magras fornecem aminoácidos essenciais que ajudam seu corpo a manter e construir a força. Coma ovos mexidos, frango ou peixe cozido, sopa de frango ou de feijão ou metade de um sanduíche de peru.
  • Gorduras saudáveis ​​fornecerão as gorduras essenciais que seu corpo precisa para todas as principais funções. Espalhe um pouco de manteiga de amendoim, de abacate ou natural em sua torrada integral, adicione as nozes à sua aveia ou coloque um pouco de azeite ou margarina livre de gordura trans em seus vegetais, massas ou batatas.

Algumas pessoas acham que os produtos lácteos aumentam a produção de muco, porém não há nenhuma pesquisa para apoiar isso. Se isso acontecer com você, evite laticínios por alguns dias. Eu não costumo evitar, mas é uma escolha pessoal.

Consuma bastante líquidos!

A água é o melhor líquido. Ela ajuda a lubrificar as membranas das mucosas. 

  • Sopa de galinha pode fazer você se sentir melhor. Embora o vapor quente da sopa pareça ser o principal motivo, alguns pequenos estudos têm relatado que os ingredientes da sopa podem ter efeitos anti-inflamatórios.
  • Outras bebidas quentes podem ter efeitos calmantes semelhantes. Bebidas quentes funcionam melhor do que bebidas frias para a abertura de vias congestionadas. Chá de gengibre, chá quente com mel e limão ou apenas água morna e limão tudo pode ser útil. Chá descafeinado com mel pode ajudar a acalmar a dor de garganta.

O que evitar:

Uma dieta pobre em nutrientes pode enfraquecer o sistema imunológico. Embora você possa ser tentado a deitar na cama e comer qualquer coisa, isso não vai ajudá-lo a ficar de pé.

  •  Limite alimentos industrializados e gorduras trans. Estas são encontradas em biscoitos, bolachas, bolos, margarina e batatas fritas. Eles oferecem pouco em termos de proteínas, vitaminas ou minerais e muitas calorias provenientes de açúcar ou gordura.
  • Limite açúcar e carboidratos refinados. Isso inclui doces, bolos, refrigerantes, sorvetes e produtos com farinha branca.

Na minha opinião, além de tudo isso, a melhor dica para se recuperar de qualquer gripe é REPOUSO!


Referências Bibliográficas 

National Institute of Allergy and Infectious Diseases. Flu (influenza): How foods can affect your immunity to the flu.
National Institute of Health: Office of Dietary Supplements. Dietary supplement fact sheet: Zinc.
University of Kentucky Cooperative Extension Service. Build your immune system with good nutrition.

assana

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply