Alimentação

O que são suplementos?

junho 19, 2015

Esse é um post que eu estou há um bom tempo querendo fazer. Aqui no blog teremos alguns posts tratando desse tema, então fiquem ligados! Mas o post de hoje é bem básico: o que são os suplementos alimentares?

Basicamente, os suplementos alimentares (ou suplementos dietéticos ou suplementos nutricionais) servem para fornecer nutrientes que possam estar faltando na dieta do dia-a-dia para satisfazer as necessidades do organismo. 

Os suplementos alimentares são geralmente indicados para praticantes de atividade física e atletas, podendo ajudar no desempenho, na recuperação e ainda podem ser utilizados pelas pessoas que possuem as necessidades energéticas muito elevadas e a rotina de treinos nem sempre permite a realização do número de refeições ou a ingestão de um volume de alimentos suficientes para suprir tais necessidades.

Eles abrangem um gama enorme de variedade, podendo fornecer vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos gordos, na forma de tabletes, cápsulas, líquidos, pós, etc. Também há uma enooorme variação de dosagens e combinações.

É importante ressaltar que o corpo precisa de uma determinada quantidade de cada nutriente para funcionar de forma adequada. Por isso, se consumidos em excesso, suplementos alimentares podem ser até prejudiciais à saúde. Para evitar o consumo excessivo, as embalagens de suplementos geralmente possuem a dosagem recomendada e uma advertência contra o consumo inadequado.

Os tipos de suplemento são diversos: Hipercalóricos, proteicos, termogênicos, antioxidantes, polivitamínicos e minerais, etc.

Devido à correria do dia-a-dia e má educação e formação, muitas pessoas são incapazes de praticar uma alimentação saudável e adequada. Um estudo recente realizado na Europa pelo projeto EURRECA, financiado pra União Europeia detectou níveis de ingestão inadequados de vitamina C, vitamina D, ácido fólico, cálcio, selêno e iodo. 

Além disso, quem busca alguns resultados específicos das atividades físicas, como a hipertrofia, necessita consumir quantidades grandes de proteína (conforme dito nesse post). Muitas vezes, apenas a alimentação não é suficiente.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) caracteriza suplementos vitamínicos ou minerais como alimentos que ajudam para complementar a dieta diária de uma pessoa saudável. Precisam conter no mínimo 25% e no máximo 100% da Ingestão Diária Recomendada (IDR).

É importante consultar um profissional da área para poder indicar qual a recomendação de consumo, se há mesmo necessidade, etc. Os suplementos não deverão substituir refeições, mas sim complementar.

Em posts futuros iremos tratar sobre cada tipo de suplemento e dar exemplo e funcionalidades de cada um. Também iremos tratar sobre o tema de suplementação versus anabolizantes.


 

assana


 

Referências Bibliográficas:

European Commission, Food supplements section http://ec.europa.eu/food/food/labellingnutrition/supplements/

EU project EURRECA website: www.eurreca.org

Clark N. Nancy Clark’s sports nutrition guidebook. 4. ed. EUA: Human Kinetics; 2008.

SBME – Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte. Hernandez AJ, Nahas RM (editores). Modificações dietéticas, reposição hídrica, suplementos alimentares e drogas: comprovação de ação ergogênica e potenciais riscos para a saúde. Rev. Bras. Med. Esp. 2009.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply